quarta-feira, novembro 01, 2006

Truz, truz

Andava a noite passada nas minhas costuras quando... Truz! Truz! Um fantasminha, um esqueleto ambulante e uma coisinha escura que não consegui descortinar estavam à porta com um saco enorme a pedir bolinhos de todos os santos. Na falta de bolinhos de todos os santos (nunca vi nas prateleiras do supermercado), atirei lá para dentro um saco enorme de gomas e uns biscoitos.
E lá foram eles, todos contentes, bater a mais umas portas.

1 comentário:

Keimadela disse...

Não vieram à minha :P