terça-feira, janeiro 02, 2007

Bem Vindo, 2007

Ano novo, novas decisões, novos projectos, e principalmente, esperanças renovadas. Sempre que soam as doze badaladas que trazem até nós um novo ano, esquecemos as agruras do velho e só esperamos que o novo não seja pior que o antecessor. A juntar a isto, engolimos (muitas vezes a custo) doze desejos mascarados de passas, beijamo-nos a todos, rebenta o champanhe ao som do fogo de artifício e acenamos, felizes mas expectantes ao forasteiro ano novo.
É tempo ainda para resoluções, promessas que fazemos a nós mesmos, ainda que sabendo de antemão que nos será difícil de as cumprir, ora por falta de tempo, ora por falta de vontade, ora por falta de coragem, ou por comodismo. Ao fim e ao cabo, temos sempre 365 dias pela frente para começar de novo, ou outros mais, se mais anos vierem atrás deste.
Também eu elaborei a minha lista de resoluções para 2007.
  • * Manter o quarto arrumado (ou assim-assim), pelo menos que me dê para entrar sem maldizer a minha organização pouco metódica que me caracteriza. Assim evita-se acidentes de maior, porque as minhas pernas não aguentam já as nódoas negras;
  • * Procurar refrear a minha falta de paciência que por vezes me assola, ou porque está a chover, ou porque está calor, ou porque a fila na caixa do supermercado é maior do que o troço da A1, ou porque os meus vizinhos discutem tão alto que me dão o (des)prazer de ouvir.
  • * Dar a roupa que sei que não vou usar e que só ocupa espaço no roupeiro, sem as desculpas habituais do "ai, mas esta camisola foi tão cara" ou "com jeitinho ainda caibo nestas calças" ou ainda "daqui a uns anos esta saia vai ser o último grito da moda".
  • * Vou manter a resolução do ano passado (que não consegui cumprir). Guardar todos os dias 1 euro numa caixinha para no fim do mês comprar um livro.
  • * Yoga. Este ano é que é! Sem desculpas e sem motivos. Yoga!
  • * Vou desenhar mais, pintar ainda mais, e fazer uma montanha de colares. No fim, monto o estaminé na Praça do Comércio ou na Rua Garrett.
  • * Lambuzar o meu namorado de beijos e dizer-lhe todos os dias o quão importante é para mim.
  • * Resolução mais que IMPORTANTE: Cumprir as resoluções de Ano Novo.

E pronto, é isto. Se alguma vez me esquecer de alguma, martelem-me a cabeça.

Já agora fica a curiosidade. Eu, euzinha, assisti ao vivo e a (muitas) cores, ao MAIOR ESPECTÁCULO PIROTÉCNICO do Mundo, distinguido pelo Guiness. A Madeira foi a melhor do Mundo... Vejam lá a minha sorte...!

5 comentários:

Kianart disse...

Feliz Ano de 2007, que a inspiração se multiplique e que se divida connosco.
Uma flôr para a Maria.

Sofia disse...

Ola
Desde já continuação de um Bom Ano
Tenho uma amiga k faz bijuterias e atraves dela consegui descobrir outros sites interessantes como o seu. Não sou dotada em trabalhos manuais mas adoro ver e ter algumas coias para mim. Neste momento ando a descobrir a arte do decoupage, vamos ver como corre.
Kero desde já felicita-la pelo seu trabalho, sem duvida k imaginação e arte não lhe faltam.
Parabéns e votos de muito sucesso.
O meu mail é sofiapepino@gmail.com, para futuros contactos e kem sabe novas amizades.
Beijinhos

Gigi disse...

Adorei o seu blog! lindos trabalhos!

Pipoquitas com Art disse...

Minha flor, que o ano de 2007 te traga tudo, tudo de bom.
Uma beijoca recheada na sua bochecha.

Temos de combinar certinho a nossa troquinha, viu.

Bia

Bia disse...

Sabes que até o ítem 5 somos muito parecidas!!!! Que felicidade não ser a única no mundo.... e yoga??? esse ano tem que acontecer.... bjocas carinhosas!!!